Governo arrecada R$ 12,1 bi em leilão de quatro hidrelétricas 

Governo arrecada R$ 12,1 bi em leilão de quatro hidrelétricas

Usinas operadas pela estatal Cemig, que estavam com a licitação vencida, têm capacidade de 2.922 megawatts/hora

O governo arrecadou 12,1 bilhões de reais com o leilão da concessão de quatro hidrelétricas operadas pela Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), realizado na manhã desta quarta-feira. As usinas  estavam com a licitação vencida. Os novos contratos preveem exploração das hidrelétricas por trinta anos. O valor total ficou 9,7% acima do esperado.

Foram ofertadas as concessões das usinas de São Simão (situada entre São Simão/GO e Santa Vitória/MG), Jaguara (Rifânia/MG), Miranda (Indianópolis/MG) e Volta Grande (Miguelópolis/MG). O maior negócio foi a venda de São Simão para o grupo chinês  State Power Investment Corporation, por 7,2 bilhões de reais. O grupo francês de energia Engie arrematou as usinas de Jaguara (por 2,17 bilhões de reais) e de Miranda (1,38 bilhão de reais). A italiana Enel ficou com Volta Grande (1,42 bilhão de reais).

A capacidade total instalada das empresas é de  2.922 megawatts/hora. O critério para a venda foi o de maior oferta de outorga, e o valor inicial total era de 11,05 bilhões de reais. No Twitter, o presidente Michel Temer comemorou o resultado do leilão, acima do esperado pelo governo, dizendo que isso mostra confiança dos investidores no país. “Nós resgatamos definitivamente a confiança do mundo no Brasil”, escreveu.

As licitações fazem parte do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), do governo federal, que reúne projetos em infraestrutura a ser concedidos à iniciativa privada. O governo busca atrair investimentos e espera dispor  do dinheiro de concessões para fechar as contas. A meta para o ano é de um rombo fiscal de 159 bilhões de reais.

Fonte: VEJA.com